Registrar | Login | Busca:
 
 
Sinônimos de tipos de conteúdo | Mais visitados |  

Home » Conteúdo » QS-9000 - ISO/TS 16949
 
 
QS-9000 - ISO/TS 16949
 
 
  • Visitas: 17243
    • Currently 3.5/5 Stars.
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
  • Nota: 3.5/5 (2320 votos)
Melhores Práticas
QS-9000 - ISO/TS 16949
Criado por sayuri tahara ( USP - NUMA ) em 08 de Janeiro de 2009 - 16:22.
Atualizado por Henrique Rozenfeld em 08 de Dezembro de 2009 - 11:45.
Sumário:
Descrição:

Introdução

Para garantir a qualidade de seus produtos a indústria automobilística desenvolveu normas para seus fornecedores como, por exemplo, os procedimentos: Chrysler's Supplier Quality Assurance Manual, Ford's Q-101 Quality System Standards e General Motors' NAO Target for Excellence. A existência de inúmeras normas gerava, para os fornecedores, esforços desnecessários para atender a todos os requisitos. Muitas vezes, duas normas exigiam praticamente o mesmo documento, porém com diferente formatação. Em outros casos algumas empresas exigiam procedimentos extremamente burocráticos sendo que outras já utilizavam soluções mais eficientes.

Em 1988, durante a conferência da Divisão Automotiva da ASQC (American Society for Quality Control), foi criada uma equipe de trabalho para discutir as preocupações dos fornecedores com relação à duplicação de esforços e de documentação necessária para satisfazer às exigências das três maiores indústrias automotivas norte-americanas. Este grupo trabalhou na harmonização dos procedimentos de qualidade das Big Three (Chrysler, Ford e GM) e desenvolveu a norma QS-9000 como uma interpretação da ISO-9000 para o setor automotivo.

Objetivo

O objetivo da QS-9000 foi de definir os requisitos fundamentais de qualidade dos fornecedores, internos ou externos, de peças, serviços e materiais para a Chrysler, Ford e General Motors, proporcionando melhoramento contínuo e enfatizando prevenção de defeitos, redução de variações, diminuição de refugo e redução de custos. Portanto a QS-9000 é dirigida para garantir a qualidade mais alta possível com o menor aumento de custos que não agregam valor ao produto, homogeneizando os requisitos específicos das empresas (Big Three) e dividindo por toda a cadeia produtiva a responsabilidade sobre a documentação e garantia da qualidade. Na uniformização proposta através da QS-9000 foram editados manuais de referência para os fornecedores:

  • QS-9000 - Quality System Requirements

A QS-9000 é dividida em três seções:
Seção 1 - Requisitos Comuns: é constituída do texto exato da ISO 9001 com requisitos
adicionais da indústria automobilística e dos fabricantes de caminhões;
Seção 2 - Requisitos Adicionais: inclui requisitos além do escopo da ISO-9000 e específicos
do setor automotivo como, por exemplo, o PPAP (Production Part Approval Process -
Processo de Aprovação de Produção de Peça);
Seção 3 - Requisitos Específicos dos Clientes: contém requisitos únicos de cada uma da
três montadoras que continuam existindo num nível inferior de informações como, por
exemplo, símbolos de itens de segurança ou peças críticas.

  • Advanced Product Quality Planning and Control Plan (APQP)

Estabelece as etapas, procedimentos e documentação necessários, durante o
desenvolvimento do produto, para assegurar a qualidade exigida pelo cliente. É um modelo de referência para o processo de desenvolvimento de produto a ser adotado pelas fornecedoras das montadoras automobilísticas. Com base neles as indústrias fornecedoras definem os seus processos padrão para desenvolvimento de produto (veja item abaixo sobre o APQP).

  • Failure Mode and Effects Analysis (FMEA)

Define uma metodologia e um padrão para a aplicação do FMEA, procurando diagnosticar
potenciais falhas que poderiam influenciar a performance do produto.

  • Measurement Systems Analysis

Determina os requisitos necessários para a avaliação dos meios de medição.

  • Fundamental SPC

Define procedimentos para o controle estatístico dos processos.

Production Part Approval Process (PPAP)

Este manual contém os requisitos necessários para a elaboração do Processo de
Aprovação de Produção de Peça (PAPP em português).

  • Quality System Assessment (QSA)

Contém os requisitos de conformidade da norma QS-9000.

A QS 9000 não existe mais !!

A QS 9000 que foi criada no âmbito da Automotive Industry Action Group (veja link abaixo) para atender às três grandes montadoras americanas Chrysler, Ford e General Motors. Algumas montadoras européias quiseram adotar a QS 9000 e levaram para a ISO. Hoje a QS 9000 foi substituída pela ISO TS 16949.

Informações adicionais

The Automotive Industry Action Group http://www.aiag.org/ : Associação Norte Americana dos motadores de veículos e dos fornecedores da indústria automobilística, que foi determinante para a criação da QS 9000 e que hoje adotou a TS 16949.

Bureau Veritas Quality International (BVQI) http://www.bvqina.com/qs9000.html : É um órgão certificador de várias normas incluindo a TS 16949.

Advanced Product Quality Planning and Control Plan (APQP)

Como está escrito acima o APQP é um modelo de referência a ser adotado por fornecedoras da indústria automotiva. Veja informações adicionais sobre esse modelo a seguir.

Site sobre o APQP em português http://www.apqp.com.br/website/index.html : Neste site pode-se ler sobre a história e os principais conceitos sobre o APQP. Na verdade é um site de um software que apóia a implementação do APQP (o quality manager). Para uma visão introdutória vale a pena ler.

APQP na wikipedia http://en.wikipedia.org/wiki/Advanced_Product_Quality_Planning : O verbete sobre APQP na wikipedia em inglês é bem sucinto e completo.

A VW usa a norma VDA 6.3 no lugar da APQP

Veja neste fórum a explicação da diferença entre a VDA 6.3 e a APQP http://elsmar.com/Forums/showthread.php?t=8063

Palavras-chave: QS-9000, ISO TS 16949
Nó: 9672

Comentários

Log in ou crie uma conta de usuário para comentar.

        

 
 
Copyright © 2007 Portal de Conhecimentos